A tarefa de cuidar do profissional de enfermagem

A tarefa de cuidar é um dos instrumentos de trabalho dos profissionais da área de enfermagem. Hoje, em homenagem às mulheres pelo seu dia, abordaremos a questão do cuidado de si na profissão.

Cuidar “é servir, é oferecer ao outro como forma de serviço, o resultado de nossos talentos, preparos e escolhas” conforme o livro Eu- O cuidador¹.

A enfermeira Maria Aparecida Baggio, mestre em Ciências da Saúde pela Universidade do Contestado, abrange o ensino da enfermagem como “a prestação de cuidado de saúde ao ser humano-paciente-cliente, a realização e aperfeiçoamento de tecnologias e procedimentos que promovam a saúde, previnam doenças e recuperem lesões, e na impossibilidade de cura ou recuperação, favoreça uma morte digna e com o menor sofrimento possível.”.

Mas antes de se envolver no cuidado com as pessoas é imprescindível que os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem (tanto mulheres quanto homens), conheçam a si mesmos, com o objetivo de realizarem o exercício da profissão de forma equilibrada, evitando assim, o desgaste e promovendo ou mantendo o bem-estar e boa-qualidade de vida para os pacientes.

Alguns profissionais, não têm consciência de que a tarefa do cuidar pode ocasionar danos à própria saúde, afinal os profissionais de enfermagem se doam em prol do bem-estar alheio, se expondo a diversos tipos de situações, doenças, contaminações, infecções, mas talvez o mais devastador e não tão perceptível, seja o psicológico.

Para melhor compreender esses aspectos do cuidado sugerimos a leitura da dissertação de mestrado “O Cuidado de Si do/a Profissional de Enfermagem em Saúde Mental


Pela Universidade Federal do Paraná, outra dissertação de pós-graduação em Enfermagem pode embasar seus estudos, além de mostrar o quanto os profissionais da área se autoconhecem. “As Significações Sobre Autonomia E Cuidado De Si Vivenciadas Pelo Enfermeiro No Cotidiano De Ações e Interações

Profissional de enfermagem continue se aprimorando no cuidado com as pessoas, mas nunca se esqueça de si próprio afinal, você depende do seu corpo e da sua mente para cuidar de seus pacientes. Como já dizia o poeta romano "Mens sana in corpore sano" - mente sã em corpo são.

Fontes:



¹ SILVA, M.J.P.; GIMENES, O.M.P.V. Eu – o cuidador. Rev. O mundo da saúde, São Paulo, ano 24, v. 24, n. 4, p. 307-309, 2000

Atendimento Online


LiveZilla Live Help

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta
Das 08h00 às 17h

Calendário de Enfermagem 2014


Enquete

Qual o seu maior interesse pelo Programa Proficiência?

Redes Sociais