Outubro Rosa

O mês de outubro é marcado por diversas ações de prevenção do câncer de mama que fazem parte do Outubro Rosa, mês intitulado não somente no Brasil, mas em todo o mundo. A campanha é representada por um laço cor de rosa e teve a sua primeira edição em outubro de 1997, nos Estados Unidos. O movimento popular se tornou referência na divulgação de informações sobre o câncer de mama, especialmente, na importância de detectá-lo em estágio inicial, quando as chances de cura são maiores.

Muitas cidades, como forma de apoio à campanha, iluminam seus prédios e pontos turísticos com a cor rosa. As manifestações tem objetivo de incentivar as mulheres a realizarem os métodos de prevenção da doença por meio de consultas periódicas com especialistas, realização de autoexame e de mamografia, exame recomendado, principalmente, para mulheres acima dos 40 anos.
O câncer de mama é o tipo de tumor que mais atinge as mulheres no Brasil e em diversos países. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, estima-se que em uma média de 53 mil casos, aproximadamente 12 mil levam ao óbito. Essa realidade pode mudar com a conscientização da população através de informações a respeito da doença.

 

Sintomas                                                                                                                                                                                                                                                                               A presença de um nódulo único, indolor e endurecido na mama é, em geral, o primeiro sintoma da doença. A deformidade e a alteração no tamanho da mama também devem ser levadas em consideração, bem como a retração da pele ou do mamilo, aumento nos gânglios axilares, dor e a presença de líquidos nos mamilos, edema e vermelhidão.

 

Diagnóstico
A mamografia é o exame mais indicado para detectar precocemente a presença de nódulos nas mamas. O exame clínico e outros exames de imagem e laboratoriais também auxiliam a estabelecer o diagnóstico.
Apesar da característica benigna da maioria dos nódulos de mama, para afastar qualquer erro, deve ser solicitada uma biópsia para definir se a lesão é maligna ou não e para estabelecer o seu estadiamento (análise das características e da extensão do tumor).

Tratamento                                                                                                                                                                                                                                                                          As formas de tratamento variam conforme o tipo e o estadiamento do câncer. As mais indicados são: quimioterapia, radioterapia, hormonoterapia  e cirurgia, que pode incluir a remoção do tumor ou mastectomia.
O tratamento pode, ainda, incluir a combinação de dois ou mais recursos terapêuticos.

 

O autoexame
O autoexame das mamas é de extrema importância, pois cerca de 90% dos casos são detectados pela própria paciente. Eles devem ser feitos mensalmente, de preferência no 7° ou 8° dia após o início da menstruação.

O profissional de enfermagem tem papel fundamental em campanhas como a do Outubro Rosa, por estarem diretamente em contato com a população nas diversas instituições de saúde, tem a oportunidade de orientar e esclarecer a população quanto à prevenção, diagnóstico, identificação dos sintomas e cuidados gerais, além de estabelecer relações entre paciente, família e equipe multiprofissional com vistas à melhorar a qualidade de vida do paciente.

Fonte: Dráuzio Varella, Inca.

Atendimento Online


LiveZilla Live Help

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta
Das 08h00 às 17h

Calendário de Enfermagem 2014


Enquete

Qual o seu maior interesse pelo Programa Proficiência?

Redes Sociais