Seja o herói de alguém: doe sangue e medula óssea

A doação de sangue e de medula óssea, apesar de serem temas muito divulgados atualmente, ainda trazem muitas dúvidas e receios. E você colega, conhece o processo de doação? É doador? Trabalha em um banco de sangue ou faz parte de um comitê transfusional? Após a leitura deste blog, conte-nos sobre sua experiência nesse âmbito!

O sangue é o tecido vivo que leva nutrientes e oxigênio para todos os órgãos e tecidos do corpo. Ele se subdivide em: glóbulos vermelhos (hemácias), glóbulos brancos (leucócitos) e plaquetas. A produção de sangue, processo este denominado hematopoese, ocorre na medula óssea de ossos chatos, como por exemplo, as vertebras, o quadril e o esterno.

Quando a produção de componentes sanguíneos não é suficiente, ou é realizada de forma inadequada, temos problemas como anemias e leucemias. Já quando ocorrem grandes sangramentos ou distúrbios de coagulação, ou ainda quando os indivíduos sofrem grandes queimaduras ou em casos de hemofilia, estes indivíduos necessitam de reposição sanguínea, utilizando sangue de doadores. (FUNDAÇÃO PRÓ SANGUE, 2012).

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, existem alguns requisitos básicos para que um indivíduo possa ser um doador de sangue, todos de acordo com normas da saúde, a fim que este não seja exposto a riscos, bem como para que o futuro receptor esteja assegurado quanto à transmissibilidade de doenças.

Vamos ver quais são esses requisitos?

Estar em boas condições de saúde;

Ter entre 16 e 67 anos (menores de 18 anos, somente com autorização de responsável);

Pesar no mínimo 50 kg;

Estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas);

Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação);

Existem casos em que a doação é impedida, os quais podem ser temporários ou definitivos como demonstra o quadro a seguir:

Quadro 1 – Casos em que a doação de sangue é impedida. 


Interessante essas informações, não é mesmo?! Vamos então conhecer as etapas de um processo de doação?

1ª etapa: identificação

Nessa etapa, é obrigatória a apresentação de um documento oficial com foto, onde será realizado o cadastro do doador.

2ª etapa: pré-triagem

Ocorre a verificação de peso, altura, pulso, pressão arterial e temperatura, além da realização de um teste rápido para a verificação de presença ou não de anemia.

3ª etapa: triagem clínica

Nessa etapa, o possível doador é submetido a uma anamnese.

4ª etapa: Doação

O sangue será coletado, com material estéril e descartável, por profissionais capacitados. A doação é segura e, os riscos para o doador são mínimos.

5ª etapa: Lanche

Após a doação, é oferecido a todos os doadores um lanche, visto que não é aconselhável sair do local da doação sem alimentar-se (HEMOBANCO, 2012).

É importante lembrarmos que essas etapas podem variar em sua ordem e em sua dinâmica de um banco de sangue para outro! 

Agora que você já sabe como é o processo de doação, observe a seguir os cuidados a serem tomados após a doação.

Permanecer no banco de sangue por mais 15 minutos;

Manter o curativo por pelo menos quatro horas;

Não ingerir bebidas alcoólicas ou fumar nas primeiras horas;

Evitar esforço físico exagerado por 12 horas, especialmente com o braço utilizado para doação;

Ingerir líquido.

Doação de medula óssea

Para ser um doador de medula óssea, é necessário ter entre 18 e 55 anos de idade e estar em bom estado geral de saúde (não ter doença infecciosa ou incapacitante). É possível se cadastrar como doador voluntário de medula óssea nos Hemocentros de todos os estados. 

E como ocorre essa doação?

A doação consiste em uma coleta sanguínea em pequena quantidade (5 ml) e o preenchimento de uma ficha com informações pessoais. 

Após a coleta, o sangue será tipificado por exame de histocompatibilidade (HLA), para identificar as características genéticas. Os dados serão cruzados com os dos pacientes que precisam de transplante de medula óssea.

Se a compatibilidade for confirmada, o doador é consultado para confirmar se deseja realizar a doação. Após a confirmação, o atual estado de saúde do doador será avaliado e outros exames de sangue serão realizados. 

Após a confirmação de compatibilidade, como é realizada a doação de medula óssea?

A doação de medula óssea é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um período mínimo de 24 horas. 

Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de nível leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana (INCA, 2012).


Figura 1 – Campanha do Ministério da Saúde.

Fonte: BRASIL (2012).

No dia 25 de novembro comemora-se o Dia Nacional do Doador de Sangue e essa data faz parte da estratégia governamental de incentivar a população a praticar este ato de solidariedade. Aproveite essa comemoração e doe sangue você também! Clique na imagem acima e participe da Campanha do Ministério da Saúde no Facebook.


Texto produzido pelas monitoras do Programa Proficiência: Anne Caroline Guenca, Ana Cláudia Jordão e Dayane Schier


Referências

INCA - Instituto Nacional do Câncer. Informações sobre a doação de medula óssea. Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: <http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=64> Acesso em: 25 out. 2012.

FUNDAÇÃO PRÓ- SANGUE. Requisitos básicos e impedimentos para ação.  São Paulo. 2012. Disponível em: <http://www.prosangue.sp.gov.br/artigos/requisitos_basicos_para_doacao>. Acesso em: 24 out. 2012.

HEMOBANCO. Doação de sangue. 2012. Disponível em: <http://www.hemobanco.com.br/frames.htm>. Acesso em: 24 out. 2012.

SESA - Secretaria do Estado da Saúde do Paraná. Como ser um doador de sangue. Paraná. Disponível em: <http://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=184>. Acesso em: 24 out 2012.

Comentário

avatar Isabel Cristina Inoue
+2
 
 
Aproveitando a oportunidade gostaria de sugerir ao programa proficiência que realiza-se um curso com o tema relacionado:

-doação de sangue, medula, órgãos.
-Doenças hematológicas e a enfermagem.

É uma área bem interessante!!!
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar comentário
Cancelar
avatar LARISSA
+1
 
 
GOSTEI MUITO DO TEXTO ACIMA, ACHO QUE A PROFICIENCIA DEVERIA REALIZAR CURSOS BASEADOS EM HEMOTERAPIA . POIS SOUPROFISSIONAL, PARTICIPO MUITO DOS CURSOS OFERECIDOS POR VCS E NUNCA TIVE A OPORTUNIDADE DE PARTICIPAR E CURSOS NESTA AREA.
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar comentário
Cancelar
avatar Claudia
0
 
 
A doação de medula pode ser realizada também através da coleta de células tronco periféricas, neste caso ela é realizada pela máquina de aférese através de acesso periférico ou acesso central após estimulação com fator de estimulação de granulócitos.
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar comentário
Cancelar
Verifique o Nome *
Informe o Email*
Verifique o Código*   
Chronocomments
Enviar Comentário

Atendimento Online


LiveZilla Live Help

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta
Das 08h00 às 17h

Calendário de Enfermagem 2014


Enquete

Qual o seu maior interesse pelo Programa Proficiência?

Redes Sociais